Vinhos Altas Quintas

catalogo-expo10-5-copia

Altas Quintas é a concretização do sonho do produtor João Lourenço de fazer, no Alentejo, nada menos que grandes vinhos, que sejam um desafio para apreciadores exigentes. Esta Obsessão é a essência de Altas Quintas. Essas condições ideais foram encontradas na Quinta da Queijeirinha, em plena serra de São Mamede, a 600 metros de altitude. Uma propriedade classificada, com história de produção de vinho já desde o século XIX e emblemática na região. A área de 256 hectares encontrava-se plantada com cerca de 20 hectares de vinha, aos quais se juntaram mais 30 hectares, mantendo uma base de castas autóctones. Essa base é composta por Trincadeira, Aragonez e Alfrocheiro, e complementada com percentagens mais baixas de Alicante Bouschet, Cabernet Sauvignon e Syrah. O encepamento branco, em menor proporção, é de Verdelho e Arinto.

Além da vinha, existem cerca de 80 hectares de pinheiros, 50 de sobreiros, 20 de fruteiras e 8 de olival. João Lourenço rapidamente percebeu que a localização da Quinta permitia fazer a diferença. A altitude de 600 metros a que está situada a vinha, num planalto com orientação Norte-Sul é o início da diferença. Esta altitude, única no Alentejo, permite de imediato criar uma série de diferenciações: As características dos solos; O microclima desse planalto, com temperaturas mais amenas e índices pluviométricos diferentes do resto do Alentejo; Nem só de Terroir se fazem os grandes vinhos e, como tal, é necessário dar o contributo tecnológico para os criar. Assim, foi construída uma Adega pensada de raiz e com todas as condições para se fazerem grandes vinhos: Com capacidade para 150.000 L, equipado com balseiros de carvalho francês Seguin Moreau; Barricas de carvalho francês, que só são usadas até ao terceiro ano; Sistema controlo de temperatura e câmara de refrigeração para brancos; Capacidade de armazenamento em granel de 1 ML.

A vinha está plantada com os mais modernos sistemas de rega e drenagem. O sistema de gestão integrada assegura o controlo da produção. Assim…Reduzimos a produção – Em alguma castas mais de 70% da produção é reduzida com os cachos em verde. Toda a produção é planeada conforme o tipo de vinho que se pretende, casta a casta, talhão a talhão. Durante a vindima, as uvas são seleccionadas manualmente 2 vezes: na vinha e na adega. É no trabalho diário na vinha que construímos o sonho.

Ver Vinhos

This entry was posted in . Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>